Sustentabilidade no dia a dia

Um dia estava numa fila de banco e vi um senhor abrindo uma bala. Ele disfarçadamente pegou o papel que envolvia o doce e largou diretamente no chão. Aquilo me subiu os nervos e eu poderia ter feito um escândalo declamando todos os verbos e adjetivos não escritos nos decálogos escolares. Mas simplesmente me aproximei, peguei o papel de bala e afirmei olhando nos seus olhos: “O senhor deixou cair”. Ele totalmente sem graça, com outras pessoas olhando, agradeceu e guardou o papel de bala no bolso. Custava ter feito isso, para depois jogar numa lixeira?

A todo momento estamos reclamando do lixo no nosso entorno, das crianças pedindo nas ruas, da corrupção, da falta de educação, da falta de oportunidades etc. Sempre esperando que um super-herói venha nos salvar, ou ainda, uma personalidade pública e governamental consiga resolver todos os problemas do bairro, ou ainda, seres mitológicos consigam nos encantar para nos unir para fazermos algo.

Pois é, infelizmente tenho que dizer que, para algumas coisas, para não dizer a maioria, a melhoria dependerá de cada um de nós. Se coletivamente fizermos a nossa parte, os nossos deveres como cidadãos, o ambiente que vivemos e a sociedade em que convivemos poderia ser bem melhor. Temos que desenvolver este sentimento coletivo e pela sustentabilidade para evoluirmos como civilização.

Tem muita gente que reclama da corrupção, mas continua dando jeitinhos: furando filas, pagando “facilidades” para ser mais rápido, querendo ser VIP o tempo inteiro.

Ações simples podem ser feitas no nosso dia a dia para a busca da sustentabilidade, assim, listo abaixo algumas delas:

– Gentileza gera gentileza: como a própria frase diz, se fizermos uma gentileza para um, como ceder o banco no ônibus ou deixar alguém passar na nossa frente numa fila, ou algo assim, logo a sua vez também chegará;

– Pratique os 5 R’s – Repensar, Reduzir, Reaproveitar, Reciclar e Recusar: Repense os seus hábitos e atitudes; Reduza a geração de descarte; Reaproveite o que você já tem em casa; Recicle o máximo que você conseguir; e Recuse tudo aquilo que faz mal para o meio ambiente e para as pessoas;

– Seja voluntário: busque uma causa que você goste como cuidar de crianças em situação de risco social, de animais, de idosos, fazer festas beneficentes, ajudar sua comunidade, enfim, faça algo com propósito;
– Doe sangue: uma ação básica, que se você tem esta possibilidade e pode doar, aproveite, pois um dia você pode precisar;

– Ande com uma garrafa de água para não ter que toda hora comprar mais uma garrafa ou utilizar um copo de plástico;

– Plante: escolha uma árvore ou uma planta que mais se adeque à sua região, à sua casa ou ao seu terreno e tenha contato direto com a natureza, entendendo a sua dinâmica.

Essas são algumas das maneiras de colocar a sustentabilidade no dia a dia. Não sabe por onde começar? Não pense, faça. Todo começo é um bom começo. Então, basta dar o primeiro passo para iniciar o seu aprofundamento neste sentimento de cidadania e sustentabilidade. E elevar o nosso processo civilizatório deste lindo planeta.

One response on “Sustentabilidade no dia a dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *